McCain diz que "dará chicotada" em Obama no último debate presidencial

Deve ser saudades do tempo da escravidão… Se Obama fosse branco, McCain usaria a mesma linguagem???

Os tempos de tom ameno parecem ter acabado. Um dia depois de pedir que seus partidários respeitassem Barack Obama, o candidato republicano à Casa Branca, John McCain, disse que vai dar uma “chicotada vocês sabem onde” no democrata na quarta-feira (15), quando acontece o último de três debates presidenciais.

“Nós vamos gastar muito tempo e depois que eu chicotear o você-sabe-o-que dele, nós vamos voltar aos resultados de 24 de julho”, disse McCain, em uma referência a expressão muito utilizada na língua inglesa para dizer que vai derrotar alguém, “whip his ass”.

Carlos Barria/-12out.08Reuters
Republican presidential nominee Senator John McCain (R-AZ) greets supporters as he arrives at the campaign headquarter in Arlington, Virginia October 12, 2008. REUTERS/Carlos Barria (UNITED STATES) US PRESIDENTIAL ELECTION CAMPAIGN 2008 (USA)
John McCain cumprimenta apoiadores ao chegar no seu escritório de campanha

McCain enfrentará Obama na Universidade Hofstra, em Hempstead, Nova York. O tema da noite será economia e as perguntas serão moderadas pelo jornalista Bob Schieffer, em formato similar ao do primeiro debate presidencial.

O republicano interrompeu sua agenda de campanha para fazer um discurso no domingo à sua equipe de campanha na Virgínia, na tentativa de inflar os ânimos dos funcionários e voluntários e estimular novos esforços na campanha contra o democrata Obama, diante dos cenários desanimadores das pesquisas a pouco mais de três semanas das eleições de 4 de novembro.

O senador por Arizona disse que ele e a companheira de chapa, Sarah Palin, estavam viajando por Estados muito disputados e intensificarão o esforço depois do último debate.

“Nós estamos alguns pontos atrás, OK, nacionalmente, mas nós estamos bem neste jogo”, disse o senador. “A economia nos prejudicou um pouco nas últimas duas ou três semanas, mas nos últimos dias nos vimos isso tudo virar porque eles querem experiência, eles querem conhecimento e eles querem visão. Nós daremos isso a América”.

O democrata Obama consolidou sua vantagem nas pesquisas desde que a crise financeira estourou nos Estados unidos, transferindo para as pesquisas de intenção de voto a vantagem do senador por Illinois como candidato visto pelos eleitores como o mais apto para lidar com a economia.

Reconhecendo o ponto forte do rival, McCain e Palin pareceram tentar distrair as atenções dos eleitores da crise financeira, lançando duros ataques e acusações ao democrata e questionando “quem é o real Obama”.

Palin fez campanha no sudeste de Ohio neste domingo e amenizou o tom dos ataques, mas lembrou à platéia dos comentários de Obama durante a campanha das primárias, quando afirmou que as pessoas que vivem dificuldades financeiras são amargas e se apegam às armas e religião.

Diante de sua equipe, McCain comentou ainda o fato de muitos analistas conservadores criticarem sua estratégia de campanha negativa contra Obama. Alguns republicanos influentes em Estados onde a disputa presidencial é muita acirrada criticaram o desempenho do senador nas pesquisas e a pouca influência de seus duros ataques nas intenções de voto.

Pesquisas realizadas por emissoras de televisão depois dos primeiros dois debates mostram que Obama venceu ambos, o que aumenta a pressão sobre McCain para o encontro de quarta-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s