Poodle abandonado

Desde a metade do primeiro semestre do ano passado (bom lembrar que 2011 é “ano passado”!) estou morando Vila João Pessoa em Porto Alegre. É um lugar muito especial do ponto de vista geográfico e sociológico. A “Vila João Pessoa” é um conjunto de umas dez quadras de urbanização formal onde mora uma classe média um pouco acima da média. As casas são boas, todas com garagens para dois ou mais carros, algumas com piscinas e, como não podia deixar de ser, com altos muros, grades, cercas elétricas e muitos cachorros. Em quase todas as casas há cachorros. E, como são para segurança, quase todos de raças e tamanhos avantajados. Até em nossa franciscana casa há duas cachorras enormes!
A razão dessa preocupação com segurança é que a Vila João Pessoa é um pequeno gueto cercado por ocupações irregulares por todos os lados. De um lado está o Campo da Tuca, de outro a Volta da Cobra e do outro o Presídio Central e o complexo de vilas que o cercam. Apenas por um lado, o que leva à Terceira Perimetral, não há vilas…
E é por esse lado, exatamente, que fica o caminho que tomo todos os dias pra ir de casa ao trabalho. Pois hoje, no caminho de casa ao trabalho, reparei em algo que nunca havia reparado antes: cachorros abandonados… Mesmo havendo cachorros em todas as casas, é muito difícil ver um deles vagando pelas ruas da Vila João Pessoa. Pois hoje demanhã, em menos de quatro quadras, h
avia três cachorros abandonados. E, por coincidência, eram três poodles. Pelo desgrenhado dos pelos, a sujeira e magreza, via-se que já estavam há dias na rua. E ninguém os recolheu!…
Perguntei-me: de onde teriam vindo os poodles? Acho que não vieram das casas pobres do entorno da Vila João Pessoa. Afinal, pobre não tem cachorro por questão de beleza. Pobre tem cachorro por questão de segurança. Teriam sido eles enxotados das casas da classe média da Vila João Pessoa? É o mais provável, pois quem tem cachorro por questão de beleza é a classe média que, na sua estética volúvel, já deve ter chegado à conclusão que ter um poodle já é “demodé”.
Todos casos, aí estão os três poodles abandonados vagando pela Vila João Pessoa. Talvez amanhã já sejam quatro…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s