Os grandes também caem…

Depois do Barcelon, foi hoje a vez do Real Madrid cair diante do Bayern. Isso prova mais uma vez que, no futebol, não há times imbatíveis e que resultados imprevisíveis também podem ser possíveis, ou seja, também tem sua previsibilidade.
Dizer que “a força venceu a arte”, além de ser um lugar comum, é um desrespeito para com os jogadores do Chelsea e do Bayern. Para conter times como o do Barcelona e do Real, é necessário ter arte, mesmo que seja a arte da força de conter e vencer quem vem com mais arte. Ou seja, elogios merecidos aos times ingleses e alemão.
O que resta agora, é esperar a final e, confortavelmente sentada no sofá, assistir ao jogo da arte dos dois times que conseguiram conter a força de Barcelona e Real. Com certeza, será um espetáculo.

P.S.: talvez alguns estranhem o fato de eu postar algo sobre futebol. Gosto de futebol, com arte e, se a arte inclui a força, melhor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s